Amar como Jesus amou

coroa de espinhos

O amor de Cristo deve nos inspirar a amar. Ele não amou apenas com palavras, mas entregou sua própria vida como prova desse amor

Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar à vida pelos irmãos.” (1 João 3:16)

Pr. Cleber Montes Moreira

Conta-se que um soldado de 19 anos, que servia no Iraque, no dia 4 de dezembro de 2007, viu uma granada sendo atirada do alto de um telhado. Manejando a arma de fogo na torre do seu jipe de combate, tentou desviar-se do explosivo que, entretanto, caiu dentro do carro. Ele tinha tempo para saltar para fora e tentar salvar a própria vida, mas, em vez disso, jogou-se sobre a granada, num impressionante ato de amor e coragem que salvou a vida de quatro companheiros.

João nos ensina que Jesus deu a sua vida por amor, para nos salvar. Sim, Ele fez por amor! Podemos dizer que este gesto, como descrito em João 3:16, é a maior declaração de amor já feita em todos os tempos. Deus nos “amou de tal maneira”, ou seja, com um amor que a mente humana jamais será capaz de compreender em toda a sua extensão, assim como diz a letra daquela linda canção:

O amor de Deus é singular,
Ninguém jamais pode explicar;
É bem mais alto que os céus,
E mais profundo que o mar (…)

Se os mares todos fossem tinta
E o céu sem fim fosse papel
Se aves todas fossem penas
E os homens todos escrivães
Nem mesmo assim o amor seria
Descrito em seu fulgor
Oh! Maravilha deslumbrante
Deste eternal amor

O amor de Deus tão rico e puro
Ao homem vil salvou
Jamais tem fim é bem seguro
Ao céu de luz eu vou

Este amor tão grandioso nos ensina algo: da mesma forma que Cristo nos amou, devemos amar o próximo. E, como digo sempre, o amor não é um mero sentimento, é atitude! Jesus deu sua vida! Que cada um de nós escolha amar, e amar como Jesus nos amou.

Amar como Jesus amou
Rolar para o topo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com